Bahia

'Vírus da indiferença talvez seja pior do que o coronavírus', diz Dom Murilo Krieger ao defender caridade

Campanha da fraternidade Igreja Católica começou ontem (26) e vai até a Quinta-feira Santa

['Vírus da indiferença talvez seja pior do que o coronavírus', diz Dom Murilo Krieger ao defender caridade]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 27 de Fevereiro de 2020 ⋅ 08:23

O arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, disse hoje (27), em entrevista à Rádio Metrópole, falou hoje sobre a caridade, tema da campanha da fraternidade, que começou ontem (26) e vai até a Quinta-feira Santa, nos 40 dias da quaresma.

"O vírus da indiferença talvez seja pior do que o coronavírus porque ele entra e nos imobiliza. E deixa a gente sem saber o que fazer e sem querer fazer nada. 'Não é problema meu'. E é uma das grandes causas dos problemas hoje é justamente esse egoísmo, em uma forma terrível, e que se manifesta depois na agressividade. As redes sociais são um espaço de uma guerra mundial permanente. Parece que aquilo que o filósofo Thomas Hobbes dizia se concretiza: o homem é o lobo do homem. Mas não pode ser assim. Estamos na mesma barca. Sofremos juntos, nos alegramos juntos e não podemos ficar indiferente diante de quem está ao nosso lado", disse o religioso. 

Ele explica que a campanha chama atenção para a potencialidade de fazer o bem e pede que cada um olhe a seu redor.

"O que acho admirável em Irmã Dulce e comentei isso na missa que celebrei ontem: ela não se programou. Ela não sentou um dia e disse que ia fundar uma obra para ter milhões de atendimentos por ano e tal. Ela teve diante de si um garoto de 12 anos, jornaleiro, que pediu para ela: 'Não me deixe morrer na rua'. Ela atendeu àquele garoto. Agora aquele gesto despertou outro. Outras pessoas que viram e outras pessoas foram pedir socorro. As coisas foram indo. Ela foi dando resposta à cada problema", afirmou.

Notícias relacionadas

[Governo da Bahia compra novos respiradores da China]
Bahia

Governo da Bahia compra novos respiradores da China

Por Kamille Martinho no dia 07 de Abril de 2020 ⋅ 18:40 em Bahia

Após ter os 600 aparelhos retidos pelos Estados Unidos, a estratégia é que os equipamentos sejam encaminhados diretamente do país asiático, disse o governador Rui Costa

[Número de mortos por coronavírus na Bahia chega a 11]
BahiaCORONAVÍRUS

Número de mortos por coronavírus na Bahia chega a 11

Por Matheus Simoni no dia 07 de Abril de 2020 ⋅ 07:57 em Bahia

Trata-se de um homem de 64 anos, residente de Salvador, e que havia sido internado no dia 24 de março em um hospital público da capital baiana