Bahia

‘Polícia baiana prende pouco, mas mata muito’, diz ex-secretário nacional de Segurança Pública

Coronel José Vicente da Silva também apontou ‘precariedades assustadoras’ no sistema criminal brasileiro

[‘Polícia baiana prende pouco, mas mata muito’, diz ex-secretário nacional de Segurança Pública]
Foto : Reprodução/YouTube

Por Metro1 no dia 20 de Outubro de 2020 ⋅ 09:59

O professor Coronel José Vicente da Silva, ex-secretário nacional de Segurança Pública, afirmou hoje (20), em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, que a polícia na Bahia prende pouco, mas mata muito. 

“A Bahia é um estado onde a polícia prende relativamente pouco, mas é um dos em que a polícia mais mata. Está matando praticamente três vezes mais que a polícia de São Paulo, pensando proporcionalmente a cada 1 milhão de habitantes”, disse ele. 

O ex-secretário também afirmou que um dos problemas do Brasil é a lei que permite a prescrição de crimes. Além disso, ele também apontou “precariedades assustadoras” nas estruturas que compõem o sistema de justiça criminal.

“Nos últimos 10 anos 70% dos assassinos, o que corresponde a meio milhão de pessoas, não foram pegos pela Justiça. Para condenar alguém que está preso preventivamente demora três anos. E nós sabemos que 10% vão ser inocentados e mais da metade vai poder cumprir uma pena alternativa.”

Notícias relacionadas