Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Saúde diz que fornecedora de testes não usados sustentam validade por mais 4 meses

Anvisa precisa aprovar, mas ainda não foi acionada para fazer a avaliação

[Saúde diz que fornecedora de testes não usados sustentam validade por mais 4 meses]
Foto : Divulgação

Por Geovana Oliveira no dia 25 de Novembro de 2020 ⋅ 18:00

Representantes do Ministério da Saúde afirmaram hoje (25) que é possível estender a validade dos testes para a Covid-19 em estoque, que venceriam em janeiro de 2021, segundo estudos da empresa fornecedora dos testes.

De acordo com a pasta, a validade pode ser estendida por mais quatro meses, além dos oito meses do prazo original. No entanto, é necessária a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que ainda não foi acionada para fazer a avaliação.

As informações foram dadas em audiência na Câmara para explicar a denúncia, feita pelo jornal O Estado de S. Paulo, de que o Ministério da Saúde tem 6,86 milhões de testes tipo RT-PCR próximos da validade que ainda não foram distribuídos para a rede pública.

Notícias relacionadas