Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Vice-presidente do Carrefour pede desculpas pelo episódio que matou João Alberto

João Alberto, homem negro, morreu no dia 19 de novembro após ser espancado por dois seguranças da loja

[Vice-presidente do Carrefour pede desculpas pelo episódio que matou João Alberto]
Foto : Divulgação

Por Luciana Freire no dia 03 de Dezembro de 2020 ⋅ 18:00

O vice-presidente do Carrefour (CRFB3) no Brasil, Stephano Engelhard, pediu desculpas pelo episódio que matou João Alberto Freitas em uma loja da rede em Porto Alegre (RS).

“O Carrefour errou, o Carrefour falhou. Tem alguma coisa que não funcionou no Carrefour. Vou deixar isso bem claro para que não haja dúvidas. Pode ser uma empresa terceirizada, mas a responsabilidade é nossa”, disse o executivo hoje (3) em reunião virtual da comissão externa da Câmara que acompanha a investigação do caso.

João Alberto, homem negro, morreu no dia 19 de novembro após ser espancado por dois seguranças da loja.

“Nós, eu como coordenador, quero iniciar a fala dizendo que nós ficamos estarrecidos com o que aconteceu no Carrefour. E repito que não é uma peculiaridade só do Carrefour. Outras empresas cometeram atitudes semelhantes. Mas nós vamos aqui tomar como uma questão simbólica por ter tido a morte de mais um corpo negro”, afirmou.

Notícias relacionadas