Sábado, 25 de setembro de 2021

Brasil

Venda de ivermectina, sem eficácia comprovada contra a Covid-19, cresce 466% no ano

Em 2020, a indústria comercializou 42,3 milhões de caixas do remédio, com pico no mês de julho

Venda de ivermectina, sem eficácia comprovada contra a Covid-19, cresce 466% no ano

Foto: Divulgação / Prefeitura de Itajaí

Por: Juliana Rodrigues no dia 08 de janeiro de 2021 às 09:30

A venda de ivermectina no mercado farmacêutico explodiu na pandemia, em meio a indicações de suposta "prevenção" contra a Covid-19 sem eficácia comprovada. Segundo a consultoria IQVIA, a comercialização cresceu 466% no acumulado de 2020 até novembro, na comparação com o mesmo período de 2019. A informação é da coluna Painel S.A., da Folha.

Em 2020, a indústria comercializou 42,3 milhões de caixas do remédio, com pico em julho, que somou mais de 12 milhões.

A ivermectina é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, que sugeriu o uso diversas vezes à população, mesmo sem comprovação científica. O antiparasitário costuma ser parte do chamado "kit Covid", junto à hidroxicloroquina e à azitromicina.

Venda de ivermectina, sem eficácia comprovada contra a Covid-19, cresce 466% no ano - Metro 1