Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Sete morrem por falta de oxigênio no interior do AM; prefeitura chama governo estadual de irresponsável

Segundo a gestão municipal, 200 cilindros do gás destinados àquela unidade estão retidos desde a semana passada em Manaus pela Secretaria de Estado de Saúde

[Sete morrem por falta de oxigênio no interior do AM; prefeitura chama governo estadual de irresponsável]
Foto : Reprodução

Por Luciana Freire no dia 19 de Janeiro de 2021 ⋅ 17:30

Sete pessoas morreram hoje (19) por falta de oxigênio no Hospital Regional de Coari, no interior do Amazonas. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo.

A prefeitura da cidade responsabiliza o governo do estado pelo ocorrido e emitiu nota manifestando "o seu completo desagrado e repúdio com a forma irresponsável que a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas está lidando com a saúde do interior".

De acordo com a gestão municipal, 200 cilindros do gás destinados àquela unidade de saúde estão retidos desde a semana passada em Manaus pela Secretaria de Estado de Saúde.

O Executivo municipal disse ainda que ontem (18) o governo amazonense confirmou o envio de 40 cilindros de oxigênio para Coari, com previsão de entrega às 18h do mesmo dia — mas o voo contendo o material seguiu direto para a cidade de Tefé e ficou impossibilitado de retornar a Coari.

Notícias relacionadas