Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

MPF investiga paralisação do transporte de oxigênio em Manaus

Parada teria ocorrido dias antes do colapso vivido no sistema de saúde do Amazonas

[MPF investiga paralisação do transporte de oxigênio em Manaus]
Foto : Márcio James/Amazônia Real

Por Gabriel Amorim no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 20:00

Uma possível paralisação no transporte de oxigênio hospitalar em Manaus na véspera do colapso vivido nas unidades de saúde de todo o estado do Amazonas está sendo investigada pelo Ministério Público Federal (MPF). Pacientes manauaras chegaram a morrer sufocados por falta de oxigênio nos hospitais. 

A suspeita é de que aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) que levavam oxigênio de outras cidades para Manaus tenham deixado de fazer o transporte em pelo menos dois dias. A justificativa é de que a aeronave teria quebrado. A paralisação do transporte ocorreu do dia 13 para o dia 14, data em que houve o colapso nos hospitais.

O alvo da investigação civil é o Ministério da Saúde. Diante da suspeita de que pode ter havido crime na paralisação do transporte e envolvimento de autoridades com foro privilegiado, a parte criminal da investigação foi encaminhada ao Procurador-Geral da República. O MPF no Amazonas conduz apenas a parte cível.

Notícias relacionadas