Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Para não furar fila, Dilma recusa convite de Doria para ser vacinada

Ex-presidente afirmou que tem o dever de recusar por razões "éticas e de justiça"

[Para não furar fila, Dilma recusa convite de Doria para ser vacinada]
Foto : Roberto Stuckert Filho/PR

Por Geovana Oliveira no dia 21 de Janeiro de 2021 ⋅ 20:15

A ex-presidente Dilma Rousseff recusou o convite feito pelo governador João Doria para que fosse vacinada no dia 25 de janeiro. Ela comentou hoje (21) sua recusa: "Agradeço, mas diante das circunstâncias tenho o dever de recusar a oferta, por razões éticas e de justiça".

"O Plano Nacional de Vacinação deve ser respeitado e, se é certo que a vacinação já começou, não há montante de vacinas disponível para que eu, agora, seja beneficiada", completou em nota publicada em seu site. 

Dilma afirmou ainda que aguardará "pacientemente" sua vez, já que considera imprescindível que os trabalhadores da área de saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência sejam priorizados.

Notícias relacionadas