Domingo, 26 de setembro de 2021

Brasil

Justiça Federal suspende distribuição de vacina da Oxford em Manaus

A decisão foi tomada após o MPF abrir investigação sobre possível fraude na destinação da vacina CoronaVac na cidade

Justiça Federal suspende distribuição de vacina da Oxford em Manaus

Foto: Dhyeizo Lemos/Secom

Por: Kamille Martinho no dia 27 de janeiro de 2021 às 13:00

A Justiça Federal do Amazonas suspendeu a distribuição, em Manaus, da vacina contra covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. A suspensão deve vigorar até que a prefeitura formule um plano de vacinação nos moldes do elaborado pelo Ministério da Saúde a nível nacional.

Segundo a Agência Brasil, na decisão, a juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal Cível do Amazonas, afirma que a distribuição em Manaus poderá ser retomada “desde que obedecidas as regras de prioridade já estabelecidas em todo o país, não podendo haver privilégios ou desvios de qualquer espécie, sujeitando os infratores à prisão em caso de flagrante delito, na forma da lei”.

A decisão da juíza foi tomada após o Ministério Público Federal (MPF) abrir investigação sobre possível fraude na destinação da vacina CoronaVac em Manaus, a primeira a ser distribuída no Amazonas. Duas médicas recém-nomeadas para cargo administrativo em uma unidade básica de saúde figuram entre as primeiras imunizadas na capital amazonense.

Justiça Federal suspende distribuição de vacina da Oxford em Manaus - Metro 1