Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Mais de 9 milhões de brasileiros tiveram alterações em seus contratos de trabalho em 2020

Redução de jornada ou suspensão de contratos aconteceu em razão de programa criado para enfrentamento da pandemia

[Mais de 9 milhões de brasileiros tiveram alterações em seus contratos de trabalho em 2020]
Foto : Frederico Haikal

Por Gabriel Amorim no dia 28 de Janeiro de 2021 ⋅ 21:04

Números do Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado hoje (28) apontam que 9.849.115 de empregados formais tiveram redução de jornada e salário ou suspensão do contrato de trabalho, entre abril a dezembro de 2020.

As mudanças nos contratos foram permitidas pelo programa de manutenção de empregos criado pelo Ministério da Economia para ajudar no enfrentamento da pandemia. Junto com alteração nos vínculos, o programa trouxe o chamado Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEM) vigorou por oito meses no ano passado.

Segundo a pasta responsável pelo programa, o número de empregadores que aderiram ao programa foi de 1.464.517 - 53,9% das empresas tinham faturamento abaixo de R$ 4,8 milhões, e 43,4%, acima de 4,8 milhões.

 

Notícias relacionadas