Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Domingo, 19 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Brasil

/

Fachin cobra Aras sobre demora em apresentar denúncia em investigações concluídas pela PF

Brasil

Fachin cobra Aras sobre demora em apresentar denúncia em investigações concluídas pela PF

Um dos inquéritos envolve o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) e outro o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP). 

Fachin cobra Aras sobre demora em apresentar denúncia em investigações concluídas pela PF

Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

Por: Stephanie Suerdieck no dia 12 de fevereiro de 2021 às 18:11

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin cobrou ao procurador-geral da República Augusto Aras um posicionamento sobre dois inquéritos já finalizados pela Polícia Federal. Um deles envolve o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) e outro o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP). 

No ano passado, Fachin havia solicitado que a Procuradoria-Geral da República (PGR) analisasse os relatórios da PF e decidisse, em um prazo de 15 dias, se apresentaria denúncia, se arquivaria os inquéritos ou solicitaria novas diligências. Aras, no entanto, não se posicionou. Sendo assim, o ministro registrou formalmente que não houve resposta e fez nova cobrança. No despacho, Fachin reiterou o pedido de informações à Procuradoria-Geral da República e fixou um prazo de 5 dias para que o órgão “preste o devido esclarecimento, ou justifique a impossibilidade de assim proceder".