Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Após saída de Moro, Deltan indicou a juíza prioridades da Lava Jato

Declaração está em documento feito por perícia contratada pela defesa do ex-presidente Lula, a partir de mensagens vazadas por hackers

[Após saída de Moro, Deltan indicou a juíza prioridades da Lava Jato]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Fevereiro de 2021 ⋅ 10:20

Após o anúncio do então juiz Sergio Moro de que deixaria a magistratura para ser ministro do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), procuradores indicaram à juíza substituta da 13ª Vara Federal, Gabriela Hardt, a importância de se realizar novas fases da operação. A informação é do UOL.

Em 19 de dezembro de 2018, o procurador Deltan Dallagnol, então coordenador da força-tarefa, relatou em um grupo de mensagens com procuradores ter combinado com Gabriela que indicaria as prioridades da Lava Jato. "Há 500 processos com despacho pendentes e [Gabriela] não sabe o que olhar. Combinei de criarmos uma planilha google e colocarmos o que é prioridade pra gente", escreveu.

A declaração de Deltan está em um documento feito por perícia contratada pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e protocolado na sexta (12) no Supremo Tribunal Federal (STF). Os advogados tiveram acesso a supostas mensagens trocadas por procuradores após decisão do Tribunal. Os diálogos foram obtidos por hackers.

Procurado pelo UOL, o Ministério Público Federal do Paraná (MPF-PR) reiterou não reconhecer a autenticidade dos diálogos, mas afirmou que as mensagens não envolvem ilegalidade. Já a juíza substituta Gabriela Hardt disse que receber procuradores e advogados de réus é uma "praxe". Ela ainda afirmou nunca ter recebido planilha com prioridades do MPF e negou qualquer pressão da força-tarefa para avaliação de denúncias ou outras decisões.

Notícias relacionadas