Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Depois de decidir por troca, Bolsonaro deve entregar a militar comando da Secretaria de Comunicação

Secretária é subordinada ao Ministério das Comunicações

[Depois de decidir por troca, Bolsonaro deve entregar a militar comando da Secretaria de Comunicação]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Gabriel Amorim no dia 25 de Fevereiro de 2021 ⋅ 16:02

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu na tarde de hoje (25) realizar mudanças no comando da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República. Atualmente, o órgão é chefiado pelo empresário Fabio Wajngarten.

Bolsonaro deve colocar a secretária e toda estrutura de comunicação sob o comando do atual chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), almirante Flávio Rocha. O militar deve acumular as duas funções.

A expectativa no Palácio do Planalto é de que a mudança seja anunciada ainda hoje. Com a alteração, o atual da comandante da Secom deve ser nomeado para um posto de assessor especial da Presidência da República. A Secom é subordinada ao Ministério das Comunicações, de Fábio Faria e o organograma deve seguir sem alterações.

 

Notícias relacionadas