Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Com troca de comando da Petrobras, quatro conselheiros da estatal deixam cargo

Bolsonaro anunciou no dia 19 de fevereiro que o general Joaquim Silva e Luna é o indicado para comandar a empresa no lugar de Roberto Castello Branco

[Com troca de comando da Petrobras, quatro conselheiros da estatal deixam cargo]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Adele Robichez no dia 03 de Março de 2021 ⋅ 10:00

Quatro conselheiros da administração da Petrobras - João Cox Neto, Nivio Ziviani, Paulo Cesar de Souza e Silva e Omar Carneiro da Cunha - anunciaram ontem (2) as suas saídas dos cargos, após a troca do presidente da estatal. 

O presidente da República Jair Bolsonaro anunciou no dia 19 de fevereiro que o general Joaquim Silva e Luna é o indicado para comandar a Petrobras no lugar de Roberto Castello Branco, que deixa a presidência da empresa no dia 20 de março.

Em um comunicado, Cox Neto e Ziviani agradeceram o convite enviado pela estatal para permanecerem no Conselho, mas o declinaram por "razões pessoais". Carneiro da Cunha, ex-presidente da Shell, também recusou a proposta “em virtude dos recentes acontecimentos relacionados às alterações na alta administração da Petrobras, e os posicionamentos externados pelo representante maior do acionista controlador da mesma”.

Notícias relacionadas