Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Representantes do governo embarcam a Israel sem máscaras, mas utilizam equipamentos ao chegar ao país

A nação israelense exigiu testes de coronavírus nos participantes da missão para aceitar a chegada da comitiva

[Representantes do governo embarcam a Israel sem máscaras, mas utilizam equipamentos ao chegar ao país]
Foto : Reprodução/Twitter/Eduardo Araújo//Itamaraty Brasil

Por Adele Robichez no dia 07 de Março de 2021 ⋅ 13:30

Os representantes do governo federal que foram a Israel em busca de acordos para vacinas e medicamentos contra o coronavírus decolaram sem máscaras e, quando chegaram no país do Oriente Médio, passaram a utilizar o equipamento.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), crítico do acessório que evita o contágio pela Covid-19, e toda a comitiva brasileira, formada por ministros, integrantes do Itamaraty e deputados, tiveram que utilizá-lo.

A nação israelense exigiu testes de coronavírus nos participantes da missão para aceitar a chegada da comitiva. Lá, todos respeitaram os protocolos que não cumprem no Brasil, como o distanciamento social. 

No evento de boas vindas realizado hoje (7) pelo Ministério das Relações Exteriores, o chanceler Ernesto Araújo cumprimentou o colega israelense Gabi Ashkenazi com um toque de cotovelos. No encontro, Ashkenazi disse que vai fazer o que for possível para ajudar o Brasil e reforçou a importância da cooperação com o país no combate à pandemia.

Notícias relacionadas