Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Sem leitos de UTI, 11 pessoas morrem na fila de espera em cidade de SP

De acordo com a secretária adjunta da Saúde de Taboão da Serra, ainda há 16 pacientes aguardando transferência para outros municípios

[Sem leitos de UTI, 11 pessoas morrem na fila de espera em cidade de SP]
Foto : Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Por Adele Robichez no dia 09 de Março de 2021 ⋅ 12:28

A secretária adjunta da Saúde de Taboão da Serra, em São Paulo, Thamires May, disse hoje (9), em entrevista ao canal Globo, que morreram duas pessoas nas últimas horas esperando vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade, totalizando 11 óbitos por conta do colapso no sistema de transferência desde a última sexta-feira (5).

"Desde o dia 3 nós não estamos recebendo nenhuma vaga", afirmou Thamires. "Todas as devolutivas do estado têm sido que o plano de contigência está ativado e que os leitos estão superlotados e não há como receber a nossa demanda", disse.

De acordo com a secretária, ainda há 16 pacientes aguardando transferência para outros municípios pelo Sistema Cross. "Estamos com 11 pacientes entubados, 16 aguardando transferência via Cross e tivemos 11 óbitos, infelizmente, esses 11 estavam inseridos no sistema aguardando vaga em unidade de terapia intensiva", informou.

Notícias relacionadas