METROPOLE

Sexta-feira, 07 de maio de 2021

Brasil

Justiça suspende ações e execuções de dívidas contra Samarco por 180 dias

De acordo com decisão, medida tem objetivo de não comprometer funcionamento da empresa responsável pela tragédia de Mariana (MG) em 2015

Justiça suspende ações e execuções de dívidas contra Samarco por 180 dias

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Por: Adele Robichez no dia 13 de abril de 2021 às 10:40

Todas as ações e execuções de dívidas contra a Samarco foram suspensas por 180  dias. A decisão é da Segunda Vara Empresarial de Belo Horizonte, que determinou ontem (12) a recuperação judicial da mineradora pertencente à Vale, responsável pela tragédia de Mariana em 2015.
 
De acordo com a decisão do juiz Adilon Cláver de Resende, a medida tem o objetivo de não comprometer o funcionamento da empresa. Ele justificou que caso ações de execução de notas promissórias no Brasil, no valor de US$ 325 milhões, e ações movidas por detentores dos títulos de dívida em Nova York permanecessem, a capacidade produtiva da Samarco seria afetada.
 
De acordo com uma nota da Vale, o pedido segue obrigações do Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) e não irá impactar no cumprimento de compromissos de reparação de danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, quando 19 pessoas foram mortas, distritos destruídos e rios poluídos.

TV METRO

Comentários

Malu Fontes

Em 07 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Justiça suspende ações e execuções de dívidas contra Samarco por 180 dias - Metro 1