Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Brasil

Cem anos de Paulo Freire: live com Alceu Valença e estudantes do mundo homenageia patrono da educação

Evento será transmitido a partir das 18h no canal do YouTube da UFPE

Cem anos de Paulo Freire: live com Alceu Valença e estudantes do mundo homenageia patrono da educação

Foto: Instituto Paulo Freire

Por: Metro1 no dia 19 de setembro de 2021 às 13:46

O filósofo e pedagogo Paulo Freire, o patrono da educação no Brasil, faria 100 anos de idade neste domingo (19). Em homenagem ao pensador, Recife, sua cidade natal, contará com várias programações que celebram os seus feitos. Uma delas é um evento online com duração de dois dias, com apresentação do cantor Alceu Valença, outros artistas, políticos e estudantes de diversos países do mundo.

O evento virtual será realizado por instituições do movimento educacional brasileiro e internacional, começando neste domingo e terminando na segunda-feira (20). A live será transmitida no canal do YouTube da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). No evento online, será transmitida a inauguração de uma escultura de Paulo Freire em Buenos Aires, na Argentina. E, entre outras pessoas, haverá a participação da viúva do filósofo, Nita Freire, doutora em educação.

Além do cantor pernambucano Alceu Valença, também terão apresentações de Silvério Pessoa, Cavouco Trio, bloco Flor da Lira de Olinda, a Quadrilha Junina Origem Nordestina, o Maracatu Estrela Brilhante do Recife e a cordelista Mariane Bigio. Na segunda, o evento que marca o centenário do de Paulo Freire terá discussões com pessoas de diversos países do mundo, estudantes e pesquisadores do pensamento freireano, com a Plenária Mundial Popular de Educação.

A memória do professor tem sido atacada frequentemente pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As ações em comemoração ao seu centenário tem como objetivo reverter as difamações e lembrar a importância de Paulo Freire para a educação brasileira. Na última segunda-feira (17), a Justiça Federal do Rio de Janeiro concedeu liminar (decisão provisória) em que proíbe o governo Bolsonaro de "praticar qualquer ato institucional atentatório a dignidade do professor Paulo Freire". Na ação, segundo a decisão judicial, o MNDH argumentou que o governo federal realiza "movimentos desqualificadores" contra Paulo Freire, que recebe "ofensivas e injustificadas críticas".

Cem anos de Paulo Freire: live com Alceu Valença e estudantes do mundo homenageia patrono da educação - Metro 1