Domingo, 03 de julho de 2022

Brasil

Morte de Genivaldo gera protesto em frente à sede da Polícia Federal em Aracaju

Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, foi torturado e morto asfixiado na mala de uma viatura da PRF após abordagem

Morte de Genivaldo gera protesto em frente à sede da Polícia Federal em Aracaju

Foto: Reprodução G1 SE

Por: Metro1 no dia 27 de maio de 2022 às 19:00

Ativistas do movimento negro realizaram um protesto na tarde desta sexta-feira (27), em frente à sede da Polícia Federal, em Aracaju, pela morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos. A PF ficou responsável pela investigação do caso.

Ele foi morto asfixiado, na última quarta-feira (25), durante uma ação da Polícia Rodoviária Federal na BR-101, no município de Umbaúba (SE). Um dia depois, a PRF admitiu que os agentes usaram spray de pimenta e gás lacrimogêneo dentro na mala da viatura onde Genivaldo foi colocado durante a abordagem.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou, na quinta-feira (26), que afastou os policiais envolvidos em abordagem. 
 

Morte de Genivaldo gera protesto em frente à sede da Polícia Federal em Aracaju - Metro 1