Segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Brasil

Suspeitos de envolvimento no desaparecimento de indigenista e jornalista inglês são presos pela PF

União dos Povos Indígenas denunciou desaparecimento na manhã da última segunda-feira (6)

Suspeitos de envolvimento no desaparecimento de indigenista e jornalista inglês são presos pela PF

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 07 de junho de 2022 às 08:59

A Polícia Federal prendeu, na noite desta segunda-feira (6), dois homens suspeitos de envolvimento no desaparecimento do indigenista Bruno Araújo Pereira, da Fundação Nacional do Índio (Funai), e do jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal The Guardian. 

Os homens são dois pescadores, identificados apenas como  "Churrasco" e "Jâneo". Eles foram levados para a cidade de Atalaia do Norte e estão em poder da Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Na manhã dessa segunda-feira (6), a União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja) informou o desaparecimento de Bruno e Dom Phillips na Amazônia. De acordo com a associação, o desaparecimento já durava mais de 24 horas. 

Segundo a entidade, eles estavam recebendo ameaças e desapareceram no trajeto entre a comunidade Ribeirinha São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte. Eles viajavam com uma embarcação nova, com gasolina suficiente para a viagem e ainda sete tambores vazios de combustível.

O desaparecimento chama a atenção porque o indigenista brasileiro é "experiente e profundo conhecedor da região, pois foi Coordenador Regional da Funai de Atalaia do Norte por anos", segundo a entidade. 
 

Suspeitos de envolvimento no desaparecimento de indigenista e jornalista inglês são presos pela PF - Metro 1