Sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Brasil

Estupros de pessoas LGBTQIA+ aumentam 88% em um ano

Em números absolutos, os abusos passaram de 95 em 20200, para 179 em 2021

Estupros de pessoas LGBTQIA+ aumentam 88% em um ano

Foto: Elza Fiúza | Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 28 de junho de 2022 às 12:05

Os registros de estupro de pessoas LGBTQIA+ no Brasil apresentaram um aumento de 88,4% entre 2020 e 2021. Em números absolutos, os abusos passaram de 95 para 179 durante este período. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na manhã desta terça-feira (28). 
 
A alta das notificações, no entanto, pode significar uma maior confiança para fazer a denúncia, o que pode ter sido motivado pela decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de enquadrar homofobia na lei dos crimes de racismo, trazendo à tona violências que antes tinham dificuldade de chegar às autoridades.

Os números indicam ainda crescimento nas estatísticas de lesão corporal dolosa (intencional), que teve uma alta de 35%, passando de 1.271 para 1.719 ocorrências. Os registros de assassinatos também apresentara um aumento de 7%, saltando de 167 para 179. Em números absolutos, em 2021, foram registrados 448 agressões, 84 estupros e 12 homicídios a mais do que em 2020.
 
A qualidade geral dos dados de crimes contra pessoas LGBTQIA+ ainda é  muito baixa no país, uma vez que muitos estados não têm uma rotina de monitoramento eficiente dos casos. Cinco deles, por exemplo, não apresentaram nenhuma informação sobre 2020 ou 2021. Entre eles, está a Bahia. Além de São Paulo, Minas Gerais, Maranhão e Rio Grande do Sul. 
 

Estupros de pessoas LGBTQIA+ aumentam 88% em um ano - Metro 1