Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Brasil

Ibama multa Facebook em R$ 10 mi por ignorar tráfico ilegal de animais na rede

O comércio de animais silvestres é proibido pela política da própria empresa desde 2018

Ibama multa Facebook em R$ 10 mi por ignorar tráfico ilegal de animais na rede

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 06 de julho de 2022 às 09:55

O Facebook foi multado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em R$ 10,1 milhões. O motivo está relacionado à venda ilegal de animais silvestres na plataforma. As informações são do portal Metropoles. 

Um auto de infração obtido pelo portal aponta que traficantes usaram a rede social para vender, sem a devida licença, pelo menos 2.227 espécimes da fauna silvestre nativa. O Facebook teria sido omisso ao não coibir esse comércio ilegal. 

Ao portal, um servidor do órgão ambiental afirmou que a empresa já tinha sido alertada pelo Ibama há pelo menos quatro anos, mas fez “pouco caso” da situação. O comércio de animais silvestres ocorre livremente na plataforma, mesmo sendo proibido pela política da própria plataforma, desde 2018.

“Tentamos várias negociações, mas as conversas com o Facebook nunca prosperaram”, contou o servidor, que optou por não ser identificado.

De acordo com a publicação, a quantidade de anúncios de venda é tão grande no Facebook, que se mostrou inviável o órgão multar todas as pessoas que utilizam a plataforma com essa finalidade. Por isso, a ação contra a empresa. 
 
Um outro auto de infração foi lavrado na última sexta-feira (1º) pelo instituto contra o Facebook, porque a empresa teria colaborado com a introdução de animais exóticos no país sem exigir parecer técnico oficial favorável e licença expedida por autoridade ambiental competente. Por conta disso, a plataforma foi multada em mais R$ 467 mil. 
 

Ibama multa Facebook em R$ 10 mi por ignorar tráfico ilegal de animais na rede - Metro 1