Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Brasil

/

Anestesista colombiano é preso por estuprar pacientes sedadas no Rio de Janeiro

Brasil

Anestesista colombiano é preso por estuprar pacientes sedadas no Rio de Janeiro

A polícia encontrou mais de 20 mil mídias de abusos infantis e três arquivos gravados em um hospital

Anestesista colombiano é preso por estuprar pacientes sedadas no Rio de Janeiro

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 16 de janeiro de 2023 às 11:32

Mais um anestesista é preso no Rio de Janeiro por estuprar pacientes em cirurgias. O médico colombiano Andres Eduardo Oñate Carrillo, de 32 anos, foi detido por agentes da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav) na manhã desta segunda-feira (16).

O colombiano é suspeito de violentar ao menos duas mulheres sedadas durante cirurgias. Andres chegou a se gravar abusando das vítimas e armazenou as imagens. A polícia cumpriu também mandado de busca e apreensão no imóvel onde ele morava.

A Justiça expediu um mandado de prisão provisória por estupro de vulnerável, mas o anestesista já era investigado desde dezembro do ano passado, em um inquérito remetido para a Vara Especializada em Crimes contra Criança e Adolescentes, por produzir e armazenar pornografia infantil.

A polícia encontrou mais de 20 mil mídias de abusos infantis e três arquivos gravados em um hospital. Neles, duas pacientes apareciam aparentemente desacordadas, em uma mesa de cirurgia. Uma das vítimas teria sido operada em um hospital da rede pública estadual e outra da rede federal, ambos no Rio.

De acordo com a polícia, os vídeos foram mostrados às vítimas, que se reconheceram, mas não tinham ciência dos abusos. O caso do médico colombiano é semelhante ao do anestesista Giovanni Quintella Bezerra, que está sendo julgado estupro de paciente na sala de parto, também no Rio de Janeiro.