Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Brasil

Quaest: 66% dos brasileiros acham que é preciso limitar as decisões individuais de ministros do STF

Pesquisa foi divulgada na quinta-feira (23) e entrevistou 2 mil pessoas entre os dias 19 a 22 de outubro

Quaest: 66% dos brasileiros acham que é preciso limitar as decisões individuais de ministros do STF

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 24 de novembro de 2023 às 10:02

Atualizado: no dia 24 de novembro de 2023 às 10:56

A pesquisa Genial/Quaest divulgada, nesta quinta-feira (23), aponta que 66% dos brasileiros acham que é preciso limitar as decisões individuais de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Para o levantamento, foram ouvidas 2 mil pessoas entre os dias 19 a 22 de outubro.

Além dos que apoiam a limitação de poderes dos ministros, outros 23% discordam da medida, outros 2% não concordam e nem discordam, e 9% não sabem ou não responderam. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais para mais ou menos e tem 95% de confiabilidade.

A sondagem de opinião também mostra que outros 68% dos entrevistados afirmaram que os magistrados deveriam ter um mandato fixo contra 21% que acham que eles não devem ter um tempo determinado na Corte. Já 2% não concordam ou discordam, e 9% não sabem ou não responderam. 

Na última quarta-feira (22), o plenário do Senado Federal aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita decisões monocráticas no STF e a medida agora deverá seguir para análise na Câmara dos Deputados.