Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 20 de abril de 2024

Home

/

Notícias

/

Brasil

/

Renato Cariani é indiciado por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em inquérito da PF

Brasil

Renato Cariani é indiciado por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em inquérito da PF

Além do influencidor fitness, Fabio Spinola Mota e Roseli Dorth também são acusados pela PF

Renato Cariani é indiciado por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em inquérito da PF

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Por: Metro1 no dia 30 de janeiro de 2024 às 10:56

Atualizado: no dia 30 de janeiro de 2024 às 13:00

O inquérito contra o influenciador Roberto Cariani, por suspeita de desvio de produtos químicos para a produção de toneladas de drogas para o narcotráfico, foi concluído pela Polícia Federal (PF) após dez meses de investigações. Ele e mais dois amigos foram indiciados pelos crimes de tráfico equiparado, associação para tráfico de drogas e lavagem de dinheiro no relatório final. Todos estão respondendo em liberdade.

Após a conclusão, a PF encaminha o caso para o Ministério Público Federal (MPF), que pode ou não denunciar o grupo pelos crimes. Caberá depois à Justiça Federal decidir se o trio deverá ser julgado pelas eventuais acusações. Se forem condenados, eles poderão ser punidos com penas de prisão .

Além de Renato, Fabio Spinola Mota e Roseli Dorth também são indiciados pela PF.  Eles foram investigados por usar uma empresa química para falsificar notas fiscais de vendas de produtos para multinacionais farmacêuticas. Segundo apuração da PF, no final das contas, os insumos não iam para essas empresas, na verdade, eram desviados para a fabricação de cocaína e crack, abastecendo uma rede criminosa de tráfico internacional comandada por facções.

De acordo com a PF, Renato e a sócia Roseli, da Anidrol Produtos para Laboratórios Ltda, empresa de venda de produtos químicos, teriam conhecimento e participavam diretamente do esquema criminoso. A investigação informa ter provas do envolvimento deles a partir de trocas de mensagens e interceptações telefônicas feitas com autorização judicial de conversas.