Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Brasil

/

Influenciadores são investigados por divulgar falsas rifas na internet

Brasil

Influenciadores são investigados por divulgar falsas rifas na internet

Agentes da Delegacia do Consumidor saíram para cumprir 7 mandados de busca e apreensão contra 5 alvos

Influenciadores são investigados por divulgar falsas rifas na internet

Foto: Divulgação/ Policia Civil RJ

Por: Metro1 no dia 17 de abril de 2024 às 16:10

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, por meio da Delegacia do Consumidor (Decon), deflagrou nesta quarta-feira (17) a Operação Sorte Grande para cumprir sete mandados de busca e apreensão contra artistas e influenciadores digitais suspeitos de fazer rifas ilegais nas redes sociais.

De acordo com a Decon, o esquema movimentou pelo menos R$15 milhões. Os investigados usavam artifícios fraudulentos para controlar os resultados dos sorteios e garantir lucro milionário, usado para comprar carros de luxo e mansões. Quem era sorteado nunca recebia os prêmios. 

Ao todo, cinco pessoas são alvos da operação, dentre eles o influenciador Nathanael Cauã Almeida Souza, conhecido como MC Chefin, o “Luiz Guilherme de Souza”, chamado de “Gui Polêmico”. Além deles, Samuel Bastos de Almeida, o “Almeida do Grau”.  Os suspeitos respondem pelos crimes de jogo de azar, crime contra a economia popular e associação criminosa.

Pelas redes sociais, MC Chefin e Gui Polêmico rebateram as acusações e afirmaram que as notícias tratam-se de sensacionalismo da mídia.