Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Brasil

/

Clientes do Nubank ameaçam cancelamento de contas após CEO divulgar evento de produtora ligada a extrema-direita

Brasil

Clientes do Nubank ameaçam cancelamento de contas após CEO divulgar evento de produtora ligada a extrema-direita

Evento produzido pela Brasil Paralelo aconteceu na terça-feira (18)

Clientes do Nubank ameaçam cancelamento de contas após CEO divulgar evento de produtora ligada a extrema-direita

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 19 de junho de 2024 às 08:05

Após a CEO e confundadora do banco Nubank, Cristina Junqueira, divulgar um evento da produtora de extrema-direita Brasil Paralelo, fundada por Konrad Scorciapino, ex-funcionário do Nubank,  clientes ameaçam  cancelarem as contas no banco digital.

Na segunda-feira (17), Junqueira publicou em seus stories um convite para o evento"We Who Wrestle With God". Na publicação, a mesma ainda agradeceu à Brasil Paralelo e à Fronteiras do Pensamento, as produtoras do encontro que aconteceu na terça-feira (18) com  a presença do conservador Jordan Peterson.

A produtora Brasil Paralelo ganhou notoriedade após entrar no foco na CPI da Pandemia, por  divulgar vídeos antivacina, os quais contestavam ainda a gravidade da covid-19.

Além da divulgação do evento, uma matéria do Intercept Brasil também revelou um escândalo que envolve a empresa. Segundo o portal, o Nubank acobertou Konrad Scorciapino, então engenheiro de software, que chegou a fazer uma publicação xenofóbica em suas redes sociais. A reportagem também repercutiu uma matéria da Agência Brasil, em que Scorciapino foi apontado como um dos fundadores do 55Chan, fórum conhecido por disseminar crimes de ódio, pornografia e antissemitismo. 

Com a repercussão do caso, Cristina Junqueira afirmou ao Painel S.A, da Folha de S. Paulo, que o Nubank não tem nenhum tipo de parceria ou vínculo com o Brasil Paralelo, que ainda não se manifestou frente ao caso.