Brasil

De cadeira de rodas, Zagallo emociona público ao conduzir tocha olímpica

Após desembarcar na região metropolitana do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (4), a chama olímpica, um dos símbolos da Olimpíada, iniciou seu passeio pela Cidade Maravilhosa na Vila dos Atletas da Rio 2016. O revezamento contou com sete pessoas, um atleta de cada continente, um competidor do Time de Refugiados e um voluntário dos Jogos, todos sorteados entre as delegações presentes. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Pedro Veríssimo

Por Jessica Galvão no dia 04 de Agosto de 2016 ⋅ 13:58

Após desembarcar na região metropolitana do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (4), a chama olímpica, um dos símbolos da Olimpíada, iniciou seu passeio pela Cidade Maravilhosa na Vila dos Atletas da Rio 2016. O revezamento contou com sete pessoas, um atleta de cada continente, um competidor do Time de Refugiados e um voluntário dos Jogos, todos sorteados entre as delegações presentes.

Em seguida, a chama percorreu a Praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes, com Rico de Souza com a tocha nas ondas, surfando. Depois, a surfista Maya Gabeira assumiu o posto na Praia da Reserva rumo à Zona Sul. Entre os primeiros condutores estiveram, entre outros, a atriz Sheron Menezes; o ex-joador Washington "Coração Valente"; a velejadora Isabel Swan, bronze em Pequim 2008; e Zagallo, que recebeu as tocha das mãos de Carlos Alberto Parreira, seu parceiro de comissão técnica na conquista das Copas do Mundo de 1970, no México, e 1994, nos Estados Unidos. Usando cadeira de rodas, Zagallo percorreu pelas ruas do Rio e fez muita gente se emocionar.

Notícias relacionadas