Brasil

PF diz que sonegação de bandas pode ser de R$ 500 milhões

A Polícia Federal divulgou nesta terça-feira que as fraudes no Imposto de Renda investigadas pela PF e Receita Federal em um dos maiores grupos empresariais de forró do país podem chegar a R$ 500 milhões. Pelo menos quatro bandas administradas pela A3 Entretenimento são alvos da justiça, entre elas a Aviões do Forró. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : LeiaJá/Douglas Souza

Por André Teixeira no dia 18 de Outubro de 2016 ⋅ 14:35

A Polícia Federal divulgou hoje que as fraudes no Imposto de Renda investigadas pela PF e Receita Federal em um dos maiores grupos empresariais de forró do país podem chegar a R$ 500 milhões. Pelo menos quatro bandas administradas pela A3 Entretenimento são investigadas, entre elas a Aviões do Forró.

Segundo a PF, as bandas declaravam apenas 20% do que ganhavam. Por e-mail, a banda Aviões do Forró informou ao site de notícias G1 "que está à disposição da Polícia Federal e da Justiça e que colaborará com todos os questionamentos em relação à operação". Os vocalistas Xand e Solange Almeida não foram indiciados formalmente, apenas prestaram esclarecimentos.  Os empresários Isaías Duarte e Carlos Aristides, do grupo A3 Entretenimento, também foram levados para prestar informações na PF.

Foram cumpridos 32 mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é levada a depor e depois é liberada), sendo 26 de pessoas jurídicas e 6 de pessoas físicas. A PF apreendeu 163 bens imóveis, além de 38 veículos de pessoa física e 37 de pessoas jurídicas.
 

Notícias relacionadas

[Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje]
Brasil

Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje

Por Lara Curcino no dia 19 de Outubro de 2019 ⋅ 10:27 em Brasil

Concurso será às 20h; apostas podem ser feitas até 19h