Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Carro alegórico da Paraíso da Tuiuti atropela 20 pessoas na Sapucaí

Pelo menos 20 pessoas foram atropeladas por um carro alegórico na Marques de Sapucaí, na noite de domingo. O acidente aconteceu na concentração do desfile da Paraíso do Tuiuti. Alguns dos feridos chegaram a ser espremidos contra uma grade e tiveram fraturas expostas. [Leia mais...]

[Carro alegórico da Paraíso da Tuiuti atropela 20 pessoas na Sapucaí ]
Foto : Reprodução / Marcelo Theobald / Jornal Extra

Por Milene Rios no dia 27 de Fevereiro de 2017 ⋅ 07:33

Pelo menos 20 pessoas foram atropeladas por um carro alegórico na Marques de Sapucaí, na noite de domingo. O acidente aconteceu na concentração do desfile da Paraíso do Tuiuti. Alguns dos feridos chegaram a ser espremidos contra uma grade e tiveram fraturas expostas.  

Após o atropelamento, o carro seguiu até o fim do desfile, e agentes impediram que o veículo fosse retirado do Sambódromo. A alegoria passou por uma primeira perícia na dispersão e está sendo vistoriada novamente nesta segunda-feira (27). Os policiais também vistoriaram o trecho do Sambódromo onde houve a colisão contra a grade e as cabines de transmissão.

Oito pessoas foram levadas a hospitais municipais, sendo os três casos mais graves para o Hospital Souza Aguiar e os outros cinco para o Miguel Couto. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio, as vítimas estavam acordadas e estáveis, e os quadros cirúrgicos ainda estavam sendo avaliados. Mais 12 pessoas se feriram e foram liberadas após atendimento nos postos médicos do Sambódromo.

A Polícia Civil investiga o caso e informou que ainda é cedo para falar em responsáveis pelo ocorrido. Segundo ele, as vítimas começarão a ser ouvidas depois da perícia. Poucas horas depois do acidente, o motorista do carro alegórico não havia sido identificado. O caso foi registrado como lesão corporal culposa.

Em nota, a escola Paraíso do Tuiuti disse lamentar profundamente o ocorrido. “A diretoria da escola manifesta o seu pesar e prontifica-se a prestar esclarecimentos assim que todas as causas do acidente forem apuradas. Esclarecemos que ofereceremos toda a assistência necessária às vítimas deste irreparável episódio. Informamos que a alegoria envolvida no acidente será periciada pela Polícia Civil".

Notícias relacionadas