Brasil

Condenado no caso Eliza Samudio, Macarrão também pede liberdade ao STF

Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, um dos principais envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza Samudio em 2010, apresentou um pedido de liberdade ao Supremo Tribunal Federal (STF)para que oministro Marco Aurélio Mello o liberte, assim como fez com o ex-goleiro Bruno Fernandes. [Leia mais...]

[Condenado no caso Eliza Samudio, Macarrão também pede liberdade ao STF]
Foto : Vagner Antônio/TJMG

Por Laura Lorenzo no dia 07 de Março de 2017 ⋅ 15:53

Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, um dos principais envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza Samudio em 2010, apresentou um pedido de liberdade ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que o ministro Marco Aurélio Mello o liberte, assim como fez com o ex-goleiro Bruno Fernandes. Amigo de Bruno, Macarrão foi condenado, em novembro de 2012, a 15 anos de prisão por homicídio qualificado.

Em 2016, Macarrão passou para o regime semiaberto, tendo o direito de trabalhar fora do presídio. Agora, ele pediu ao STF que conceda a extensão dos efeitos da decisão que libertou Bruno no último dia 24.

O pedido da defesa de Macarrão se baseia no artigo 580 do código do processo penal. De acordo com o texto, "no caso de concurso de agentes, a decisão do recurso interposto por um dos réus, se fundado em motivos que não sejam de caráter exclusivamente pessoal, aproveitará aos outros".

"O requerente possui as mesmas condições pessoais do paciente", alega o advogado de Macarrão, Wasley César de Vasconcelos, no pedido encaminhado ao Supremo. 

Notícias relacionadas