Brasil

Após barrar lavrador por usar chinelo, juiz é condenado a pagar R$ 12 mil

O juiz do trabalho Bento Luiz de Azambuja Moreira foi condenado a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 12 mil ao agricultor Joanir Pereira, de Cascavel, no oeste do Paraná. A decisão foi proferida pelo juiz federal Alexandre Gauté, após Bento ter interrompido uma audiência porque o agricultor estava de chinelos. [Leia mais...]

[Após barrar lavrador por usar chinelo, juiz é condenado a pagar R$ 12 mil]
Foto : Reprodução/RPC

Por Yasmin Garrido no dia 09 de Março de 2017 ⋅ 18:32

O juiz do trabalho Bento Luiz de Azambuja Moreira foi condenado a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 12 mil ao agricultor Joanir Pereira, de Cascavel, no oeste do Paraná. A decisão foi proferida pelo juiz federal Alexandre Gauté, após Bento ter interrompido uma audiência porque o agricultor estava de chinelos. Na ocasião, ele alegou que o calçado "atentaria contra a dignidade do Judiciário".

De acordo com a sentença, Bento agiu “com culpa grave” e “de forma imprudente”. Ainda segundo o juiz federal, a atitude de Moreira "abalou a moral" do agricultor, que estava usando chinelos porque não tinha outro sapato. A Procuradoria da União no Paraná destacou que a conduta do condenado foi “absolutamente irrazoável e socialmente discriminatória”.

Notícias relacionadas

[Casa Geyer deve ser reaberta em 2022]
Brasil

Casa Geyer deve ser reaberta em 2022

Por Metro1 no dia 21 de Agosto de 2019 ⋅ 11:00 em Brasil

Diretor do Museu Imperial de Petrópolis, para onde o imóvel foi doado, Manoel Vicente prevê abertura do imóvel para o Bicentenário da Independência