Brasil

Marcelo Odebrecht confirma propina ao 'amigo' Lula

Marcelo Odebrecht, ex-presidente do Grupo Odebrecht, confirmou ao juiz federal Sérgio Moro, nesta segunda-feira, 10, que o ex-presidente Lula \'é o “amigo” registrado na planilha de propinas milionárias da empreiteira\'. Marcelo também disse que o “Italiano” – é alcunha do ex-ministro Antonio Palocci e “Pós Itália”, nome dado ao ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega. [ Leia mais…]

[Marcelo Odebrecht confirma propina ao 'amigo' Lula ]
Foto : Agência Brasil

Por André Teixeira no dia 11 de Abril de 2017 ⋅ 11:15

Marcelo Odebrecht, ex-presidente do Grupo Odebrecht, confirmou ao juiz federal Sérgio Moro, nesta segunda-feira, 10, que o ex-presidente Lula \'é o “amigo” registrado na planilha de propinas milionárias da empreiteira\'. Marcelo também afirmou que o “Italiano” – é alcunha do ex-ministro Antonio Palocci e “Pós Itália”, do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega. O empreiteiro foi interrogado durante duas horas e meia.

A declaração do empresário, publicada pelo Antagonista, foi confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo. \'Marcelo Odebrecht disse que R$ 13 milhões em espécie sacados pelo ex-assessor de Palocci, Branislav Kontic, ou “Programa B”, entre 2012 e 2013, foram entregues a Lula\'. A defesa do ex-presidente nega taxativamente seu envolvimento. 

O ex-presidente da Odebrecht falou \'ainda sobre os R$ 4 milhões que teriam sido repassados ao Instituto Lula e abordou a cifra de R$ 50 milhões em propinas para Mantega que teriam sido usados na campanha da presidente cassada Dilma Rousseff\'.

Segundo nota da Defesa, publicada pelo Estadão “Lula não tem nenhuma relação com qualquer planilha na qual outros possam se referir a ele como ‘amigo’, que nem essa planilha nem esse apelido são de sua autoria ou do seu conhecimento, por isso não lhe cabe comentar depoimento sob sigilo de Justiça vazado seletivamente e de forma ilegal”. 

Notícias relacionadas