Brasil

Palestinos são presos em São Paulo após confronto com militantes da extrema direita

Seis pessoas foram presas, nesta terça-feira (2), entre elas o empresário Hasan Zarif, dono do restaurante Al Janiah, local de encontro e resistência de imigrantes palestinos em São Paulo. Os militantes de direita, que faziam protesto contra a Lei de Migração, afirmam ter sido vítimas de um “ataque terrorista”. O advogado dos palestinos nega e diz que as provocações terminaram em 'agressões mútuas'. [Leia mais...]

[Palestinos são presos em São Paulo após confronto com militantes da extrema direita]
Foto : Reprodução Facebook

Por André Teixeira no dia 03 de Maio de 2017 ⋅ 09:16

Seis pessoas foram presas, nesta terça-feira (2) entre elas o empresário Hasan Zarif, dono do restaurante Al Janiah, local de encontro e resistência de imigrantes palestinos em São Paulo. O fato ocorreu na noite da última terça-feira (2/5) durante protesto contra a Lei de Migração, na Avenida Paulista. Segundo o G1, Zarif é líder do movimento 'Palestina para [email protected]'.

Nas gravações, postados no You Tube, não é possível identificar de onde partiu o princípio do tumulto. Nas imagens os manifestantes 'mobilizam pessoas contrárias ao protesto, supostamente estrangeiros, chingam e chamam a polícia para que possa efetuar a prisão enquanto entoam gritos de “Viva a PM!' 'narcotraficantes', entre outros.

Os militantes da direita (extremamente agressivos) afirmam ter sido vítimas de um “ataque terrorista” e acusam os refugiados 'de terem jogado uma bomba caseira no meio da manifestação'. Este grupo defende a intervenção militar no país e é contrário à Lei de Migração.

O advogado de Zarif, disse 'que houve provocações que terminaram em agressões mútuas'. Um dos presos, que ficou ferido na confusão, conhecido por Nur, 'teve que ser encaminhado a uma unidade de saúde', mas passa bem. Já Zarif que foi levado para o 78º Distrito Policial de São Paulo continuava detido até a manhã desta quarta-feira (3/5). 

 

Veja vídeo dos militantes da extrema direita paulista

 

Notícias relacionadas

[Sem ação ambiental, país pode ter prejuízo bilionário]
Brasil

Sem ação ambiental, país pode ter prejuízo bilionário

Por Juliana Rodrigues no dia 25 de Agosto de 2019 ⋅ 07:30 em Brasil

Além dos recursos do Fundo Amazônia, paralisado após acusações do ministro Ricardo Salles sobre supostas irregularidades, acordos internacionais e ações filantrópicas pod...