Brasil

Apesar de diminuição, taxa de desemprego ainda é de 12,6% no país

Uma nova pesquisa realizada pelo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, e divulgada nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que o desemprego no país teve leve queda nos últimos três meses. Enquanto em maio a taxa era de 13,3%, no trimestre encerrado em agosto ela fechou em 12,6% [Leia mais...]

[Apesar de diminuição, taxa de desemprego ainda é de 12,6% no país]
Foto : Pedro Ventura / Agência Brasília

Por Bárbara Silveira no dia 29 de Setembro de 2017 ⋅ 10:18

Uma nova pesquisa realizada pelo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, e divulgada nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que o desemprego no país teve leve queda nos últimos três meses. Enquanto em maio a taxa era de 13,3%, no trimestre encerrado em agosto ela fechou em 12,6%.

O levantamento mostrou também que a população desocupada caiu 4,8% em relação ao trimestre encerrado em maio e chegou a 13,1 milhões de pessoas. Na comparação com o trimestre que terminou em agosto de 2016, houve alta de 9,1%, já que na época havia apenas 12 milhões de desempregados.

População empregada
De acordo com o balanço, foram criados 286 mil postos de trabalho sem carteira assinada de maio a agosto, o que somou 10,8 milhões de pessoas. O aumento, segundo o governo, foi influenciado pelo crescimento do mercado de trabalho informal, uma vez que mais da metade do 1,4 milhão de empregos criados foi sem carteira assinada.

Notícias relacionadas