Brasil

Auditores que fiscalizam trabalho escravo na Bahia paralisam atividades

O auditores que fiscalizam o trabalho escravo na Bahia, vinculados ao Ministério do Trabalho, decidiram nesta quarta-feira (18) paralisar suas atividades. A manifestação acontece em outros 12 estados no país e ocorre em resposta a uma portaria editada pela pasta e publicada o início da semana. [Leia mais...]

[Auditores que fiscalizam trabalho escravo na Bahia paralisam atividades]
Foto : Divulgação/MPT

Por Matheus Simoni no dia 18 de Outubro de 2017 ⋅ 15:17

O auditores que fiscalizam o trabalho escravo na Bahia, vinculados ao Ministério do Trabalho, decidiram nesta quarta-feira (18) paralisar suas atividades. A manifestação acontece em outros 12 estados no país e ocorre em resposta a uma portaria editada pela pasta e publicada o início da semana. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo. A alteração traz regras que dificultam o acesso à chamada \"lista suja\" de empregadores flagrados por trabalho escravo no país.

O texto também muda o modelo de fiscalização, possibilitando brechas que, segundo os auditores, podem dificultar a comprovação e punição desse tipo de crime no país. Além da Bahia, a categoria paralisou as atividades no Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Sergipe, Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Acre.

Segundo o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait), Carlos Fernando da Silva Filho, os coordenadores estaduais das unidades da federação notificaram a suspensão da fiscalização ao Ministério do Trabalho. No entanto, a pasta afirma não ter sido oficialmente informada sobre protestos ou paralisações.

“Vão ser concluídas apenas algumas operações que já estavam em curso ou prestes a ser deflagradas. Todas as demais fiscalizações vão ser paralisadas até que o ministro revogue esta portaria absurda”, declarou Filho à Agência Brasil.

Notícias relacionadas

[STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão]
Brasil

STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão

Por Kamille Martinho no dia 10 de Dezembro de 2019 ⋅ 18:20 em Brasil

Pezão foi preso em novembro do ano passado. Ele é réu na Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, acusado de integrar esquema de corrupção