Brasil

Justiça determina internação de adolescente autor de ataque em escola de Goiânia

A Justiça de Goiás determinou na noite do último sábado (21) a internação provisória, por 45 dias, do adolescente de 14 anos autor do ataque com arma de fogo no Colégio Goyazes, em Goiânia, que deixou dois mortos e quatro feridos. A decisão atende a uma recomendação do Ministério Público do Estado. [Leia mais...]

[Justiça determina internação de adolescente autor de ataque em escola de Goiânia]
Foto : Reprodução/ Facebook

Por Laura Lorenzo no dia 22 de Outubro de 2017 ⋅ 09:22

A Justiça de Goiás determinou na noite do último sábado (21) a internação provisória, por 45 dias, do adolescente de 14 anos autor do ataque com arma de fogo no Colégio Goyazes, em Goiânia, que deixou dois mortos e quatro feridos. A decisão atende a uma recomendação do Ministério Público do Estado. O menino deverá ser transferido ainda neste domingo (22), de acordo com informações de funcionários da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais.

O adolescente vai permanecer internado até que o Juizado da Infância e Juventude julgue o caso, como é previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. O Ministério Público solicitou ainda que o adolescente seja mantido separado dos demais internos, uma vez que é filho de militares. De acordo com o promotor, essa garantia ficou assegurada. Por isso, contudo, o destino do jovem ainda é incerto, devido à falta de um local em que ele possa permanecer isolado.

A audiência de apresentação do adolescente à Vara da Infância e Juventude deve acontecer nesta segunda-feira (23). A advogada da família, Rosangela Magalhães, afirmou que a decisão já era esperada e salientou que a maior preocupação é com a integridade do menino. “Além da repercussão do caso, por ser filho de militares, ele corre risco, este é o ponto que mais nos preocupa e vamos levar isso para a juíza, a necessidade de um local seguro que garanta sua integridade”, disse Rosangela.

Notícias relacionadas

[STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão]
Brasil

STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão

Por Kamille Martinho no dia 10 de Dezembro de 2019 ⋅ 18:20 em Brasil

Pezão foi preso em novembro do ano passado. Ele é réu na Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, acusado de integrar esquema de corrupção