Brasil

Vítima de ataque a tiros em escola de Goiânia fica paraplégica

Uma das vítimas de disparos por um colega dentro da sala de aula, no Colégio Goyases, em Goiânia, está paraplégica. De acordo com informação do Hospital de Urgências de Goiânia, a paraplegia já havia sido diagnosticada desde a entrada da menina, porém não havia sido divulgada a pedido de familiares.[Leia mais...]

[Vítima de ataque a tiros em escola de Goiânia fica paraplégica]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 25 de Outubro de 2017 ⋅ 19:48

Uma das vítimas de disparos por um colega dentro da sala de aula, no Colégio Goyases, em Goiânia, está paraplégica. De acordo com informação do Hospital de Urgências de Goiânia, a paraplegia já havia sido diagnosticada desde a entrada da menina, porém não havia sido divulgada a pedido de familiares.

A jovem de 14 anos teve uma lesão na medula espinhal, perto da 10ª vértebra da coluna torácica, o que compromete os movimentos dos membros inferiores. Ela está consciente e respirando sem aparelhos, mas continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) humanizada do hospital e não tem previsão de alta, conforme informações da unidade hospitalar.

Outra vítima, também de 14 anos, está com o quadro de saúde regular. De acordo com informações do hospital, ela estáconsciente e com respiração espontânea, mas continua internada em uma enfermaria, e também sem previsão de alta.

O ataque que aconteceu na última sexta-feira (20), deixou também dois adolescentes mortos e mais dois feridos. O autor dos disparos, de 14 anos, está internado em centro até o julgamento do caso pelo Juizado da Infância e Juventude. 

 

 

Notícias relacionadas