Quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Brasil

Suspeito de participar de ataques em Fortaleza é preso com armas e munição

Um suspeito de envolvimento na série de ataques na cidade de Fortaleza, no Ceará, na noite de sexta-feira (9), foi preso hoje no Bairro Benfica. O ataque deixou sete pessoas mortas. [Leia mais...]

Suspeito de participar de ataques em Fortaleza é preso com armas e munição

Foto: André Teixeira/G1 CE

Por: Paloma Morais no dia 11 de março de 2018 às 17:05

Um suspeito de envolvimento na série de ataques na cidade de Fortaleza, no Ceará, na noite de sexta-feira (9), foi preso hoje no Bairro Benfica. O ataque deixou sete pessoas mortas.

A Polícia Civil do local chegou até o homem após localizar um veículo que aparecia nas imagens de câmeras de segurança próximas à sede da torcida organizada do Fortaleza, onde ocorreu parte dos ataques. O carro estava na garagem de um prédio no Bairro Meireles. Ao perceber a chegada dos agentes, o suspeito, que estava no imóvel, tentou fugir, mas foi detido. Com ele a polícia apreendeu três armas de fogo, munições e carregadores de pistola.

O homem foi levado à sede da Departamento de Homicidios e Proteção a Pessoa (DHPP), onde está preso. Ele vai responder por homicídio, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, resistência, receptação e na Lei das Organizações Criminosas.

O caso - Sete pessoas foram assassinadas em uma série de ataques na Praça da Gentilândia, no Bairro Benfica, e próximo à sede da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF). Dois torcedores seguem internados no Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF).

Em coletiva de imprensa realizada na tarde de ontem, o secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, apontou que há duas hipóteses para os ataques: na Praça da Gentilândia a motivação pode ser o tráfico de drogas, já na sede da TUF pode ter ligação com uma briga de torcidas que deixou dois torcedores feridos no fim de semana anterior.

Suspeito de participar de ataques em Fortaleza é preso com armas e munição - Metro 1