Brasil

Batalhão denunciado por Marielle é o que mais mata no Rio

Criado em 2010 pelo então secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, o batalhão é responsável pelos bairros de Irajá, Pavuna, Vicente de Carvalho e Costa Barros, onde estão os complexos de favelas da Pedreira e do Chapadão, dois dos mais violentos da cidade, cada um controlado por uma facção e a 30 km do centro do Rio. [Leia mais...]

[Batalhão denunciado por Marielle é o que mais mata no Rio ]
Foto : Reprodução / Globo

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Março de 2018 ⋅ 07:20

Dias antes de ser assassinada, a vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL), denunciou o 41º Batalhão da Polícia Militar. A companhia é a que mais mata no estado do Rio de Janeiro, segundo a Folha.

Em nenhuma outra região do Rio a PM mata e atira mais. Cálculo feito pela Folha, com base em informações do Instituto de Segurança Pública do Estado, mostra que a unidade está no topo do ranking de homicídios em supostos confrontos com a polícia.

Foram 567 desde 2011, por exemplo, quando os números referentes à unidade começaram a ser compilados.

Criado em 2010 pelo então secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, o batalhão é responsável pelos bairros de Irajá, Pavuna, Vicente de Carvalho e Costa Barros, onde estão os complexos de favelas da Pedreira e do Chapadão, dois dos mais violentos da cidade, cada um controlado por uma facção e a 30 km do centro do Rio.

Em janeiro deste ano, 41% das mortes violentas naquela região foram de autoria dos agentes do 41º BPM.

Notícias relacionadas

[Rabino Henry Sobel morre aos 75 anos]
Brasil

Rabino Henry Sobel morre aos 75 anos

Por Matheus Simoni no dia 22 de Novembro de 2019 ⋅ 10:59 em Brasil

Segundo a família, ele morreu em decorrência de complicações causadas por um câncer