Brasil

Manifestações tomam conta do país após morte de vereadora e motorista

"Mari. Como eu queria que você estivesse comigo hoje na Alerj e na Cinelândia. Você sempre esteve ali comigo. Foi a primeira vez que fui sem você. Não é que você estava lá!? Estava nos sonhos de toda uma geração! Que coisa bonita, amiga. Quanto orgulho sinto de você! Você sabe", escreveu o deputado Marcelo Freixo, amigo da vereadora. [Leia mais...]

[Manifestações tomam conta do país após morte de vereadora e motorista ]
Foto : Mídia Ninja

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Março de 2018 ⋅ 08:20

A morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do seu motorista, Anderson Gomes, comoveu o país ontem. Como reação, a sociedade organizou uma série de manifestações para pedir que o crime não fique impune.

Ao menos dez estados da Federação tiveram protestos. Em Salvador, o ato aconteceu no Fórum Social Mundial, na Universidade Federal da Bahia (Ufba). Em Recife, a concentração foi na Câmara de Vereadores. Em Belém, a manifestação aconteceu às 17h, no Mercado São Braz. Já em São Paulo, a Avenida Paulista foi palco. Em Belo Horizonte, às 17h30, pessoas se reuniram para cobrar solução.

No Rio, cidade da vereadora, a manifestação aconteceu em frente à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, com a presença do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), amigo da vereadora.

"Mari. Como eu queria que você estivesse comigo hoje na Alerj e na Cinelândia. Você sempre esteve ali comigo. Foi a primeira vez que fui sem você. Não é que você estava lá!? Estava nos sonhos de toda uma geração! Que coisa bonita, amiga. Quanto orgulho sinto de você! Você sabe", escreveu o deputado.

"Hoje fui forte, como sempre combinamos. Agora, em casa, desabo. Você foi uma das melhores coisas que tive na vida. Vou ficar perto da sua família. Te prometo", completou.

Notícias relacionadas