Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Mineradora norueguesa assume ter contaminado rio no Pará

O grupo norueguês Norsk Hydro assumiu hoje que sua fábrica de alumínio Hydro Alunorte derramou água sem tratamento no Rio Pará. As autoridades brasileiras suspeitam que os dejetos tenham contaminado a água do município de Barcarena (PA). [Leia mais...]

[ Mineradora norueguesa assume ter contaminado rio no Pará]
Foto : Reprodução/G1 Pará

Por Marina Hortélio no dia 19 de Março de 2018 ⋅ 19:22

O grupo norueguês Norsk Hydro assumiu hoje que sua fábrica de alumínio Hydro Alunorte derramou água sem tratamento no Rio Pará. As autoridades brasileiras suspeitam que os dejetos tenham contaminado a água do município de Barcarena (PA).

O diretor geral da empresa, Svein Richard Brandtzaeg, afirmou, em um comunicado à imprensa, que o ocorrido é inaceitável e rompe com os ideias da companhia.

Segundo as autoridades brasileiras, os resíduos de bauxita teriam atingido o rio após terem trasbordado nos dias 16 e 17 de fevereiro decorrente de uma forte chuva. A empresa norueguesa nega que o derramamento esteja relacionado às chuvas.

Em fevereiro, o governo brasileiro aplicou duas multas de R$ 20 milhões cada ao Norsk Hydro. Além das penalidades, um juiz paraense julgou que a empresa deveria reduzir a produção em 50%.

Notícias relacionadas