Brasil

Três morrem e cinco ônibus são incendiados durante atentados em Fortaleza

Ataques coordenados a prédios públicos e ônibus que trafegam por Fortaleza deixaram pelo menos três pessoas mortas e pelo menos 50 carros depredados. As vítimas foram baleadas após um confronto entre a Polícia Militar e bandidos que atacavam a sede da Secretaria de Justiça durante a madrugada de hoje. Pelo menos sete ataques a ônibus foram registrados na capital cearense.[Leia mais...]

[Três morrem e cinco ônibus são incendiados durante atentados em Fortaleza]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Matheus Simoni no dia 25 de Março de 2018 ⋅ 15:29

Ataques coordenados a prédios públicos e ônibus que trafegam por Fortaleza deixaram pelo menos três pessoas mortas e pelo menos 50 carros depredados. As vítimas foram baleadas após um confronto entre a Polícia Militar e bandidos que atacavam a sede da Secretaria de Justiça durante a madrugada de hoje. Pelo menos sete ataques a ônibus foram registrados na capital cearense.

Três homens foram presos, acusados de terem ateado fogo em ao menos cinco coletivos. Outros ataques se espalharam pelo interior e região metropolitana. Na cidade de Cascavel, criminosos queimaram mais de 50 carros e motos em um prédio público. A Polícia Federal está investigando um ataque à sede dos Correios no bairro Antônio Bezerra, onde foram deixadas cartas ameaçadoras às autoridades cearenses.

Em pronunciamento, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), disse que não irá ceder diante das ameaças e atentados.  \"Nem a Polícia nem o Estado vão aceitar qualquer forma, qualquer afronta de criminosos com o Estado e com a Polícia\", afirmou, durante a inauguração de uma unidade de segurança na capital. Embora questionado por jornalistas sobre o assunto, Camilo não respondeu se cumprirá a determinação judicial para instalação de bloqueadores de celulares em presídios. O prazo de 180 dias foi dado para que a iniciativa seja realizada. 

Notícias relacionadas