Brasil

Promotor vai recorrer da absolvição de cunhado de Ana Hickmann

O promotor do 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, de Belo Horizonte, vai recorrer da decisão que absolveu Gustavo Henrique Bello Corrêa, cunhado de Ana Hickmann, pela morte de um fã obcecado pela apresentadora, em maio de 2016. [Leia mais...]

[Promotor vai recorrer da absolvição de cunhado de Ana Hickmann]
Foto : Reprodução/Instagram

Por Marina Hortélio no dia 04 de Abril de 2018 ⋅ 21:01

O promotor do 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, de Belo Horizonte, vai recorrer da decisão que absolveu Gustavo Henrique Bello Corrêa, cunhado de Ana Hickmann, pela morte de um fã obcecado pela apresentadora, em maio de 2016. Rodrigo Augusto de Pádua invadiu o quarto de hotel que a artista estava com a família e todos foram feitos de reféns.

Gustavo foi absolvido da acusação de homicídio doloso apresentada pelo Ministério Público, ontem (3), pela juíza Âmalin Aziz SantʹAna, do 2º Tribunal do Júri. O promotor entende que, por ter atirado três vezes na nuca da vítima, o empresário agiu com excesso que desconfigura a legítima defesa.

A juíza que inocentou o acusado alega que os tiros foram dados de forma sequencial e que foram oito minutos de luta com Rodrigo, que não largou a arma. A magistrada ainda relata a tensão do réu, que ficou por 20 minutos sob mira de uma arma com a família.

"Não me arrependo de nada, não me arrependo do que eu fiz. Faria tudo de novo. São três decisões favoráveis a meu respeito, contra a decisão de um promotor que insiste em me incriminar. Esse episódio não acabou, mas a gente tem céu azul pela frente", disse Gustavo.

Assista o vídeo abaixo:

Notícias relacionadas