Brasil

Jornalista é agredido com grades por militantes pró-Lula na sede de sindicato

Um jornalista foi agredido e insultado por militantes pró-Lula na tarde de hoje. Pedro Duran, da rádio ʹCBNʹ, do Grupo Globo, teve grades atiradas contra ele no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está desde a última quinta-feira (5). [Leia mais...]

[Jornalista é agredido com grades por militantes pró-Lula na sede de sindicato]
Foto : Ricardo Stuckert

Por Luiza Leão no dia 07 de Abril de 2018 ⋅ 16:02

Um jornalista foi agredido e insultado por militantes pró-Lula na tarde de hoje. Pedro Duran, da rádio ʹCBNʹ, do Grupo Globo, teve grades atiradas contra ele no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está desde a última quinta-feira (5).

Duran contou com o auxílio do deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) e os seguranças dele. O jornalista precisou até ser colocado em um elevador para se refugiar.

Outro repórter, dessa vez do Estadão, foi agredido por um apoiador durante o processo de apuração jornalística.

Líderes da CUT e do MTST, Vagner Freitas e Guilherme Boulos, respectivamente, tentaram acalmar os ânimos dos manifestantes, mas não obtiveram sucesso.

Palavras de ordem foram ditas contra os dois jornalistas.

Notícias relacionadas