Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Weber dá 30 dias para União se manifestar sobre a fronteira venezuelana

O estado, que entrou com o pedido na última sexta-feira (13), exige que o governo feche a fronteira com entre o Brasil e o país caribenho, além do repasse de recursos adicionais para custear a imigração de venezuelanos. [Leia mais...]

[Weber dá 30 dias para União se manifestar sobre a fronteira venezuelana]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 17 de Abril de 2018 ⋅ 17:42

A ministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber, decidiu que a União tem 30 dias para se manifestar na ação em que Roraima pediu o fechamento da fronteira com a Venezuela. O Estado, que entrou com o pedido na última sexta-feira (13), exige que o governo feche a divisa e aumente o repasse de recursos para custear a imigração de moradores do país vizinho.

A ação, assinada pela governadora Suely Campos (PP), aponta que a crise que acontece na Venezuela criou um "enorme movimento de imigração" – segundo a prefeitura de Boa Vista, em fevereiro, cerca de 40 mil venezuelanos haviam entrado na cidade. O processo também aponta que Roraima tem arcado com os custos e prejuízos sem a ajuda da União.

Segundo o Estadão, o presidente Michel Temer acredita que a proposta é "incogitável". O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, também rejeita ação.

Notícias relacionadas