Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Avião abatido pela FAB transportava 500 Kg de pasta-base de cocaína

De acordo com a assessoria da FAB, a constituição usou todas as medidas de policiamento do espaço aéreo, incluindo o tiro de aviso, antes de chegar à última medida prevista: o tiro de detenção.[Leia mais...]

[Avião abatido pela FAB transportava 500 Kg de pasta-base de cocaína]
Foto : Sgt Johnson/FAB

Por Marina Hortélio no dia 27 de Abril de 2018 ⋅ 16:14

A aeronave interceptada pela Força Aérea Brasileira na última quarta-feira (25) transportava 500 quilos de pasta-base de cocaína. O Cipoaer (PM/MT), que confirmou a informação, realiza uma operação de busca dos destroços da aeronave, que está submersa, no Pantanal.

Para realizar a interceptação, três modelos A-29 e um avião-radar E-99 foram usados. De acordo com a assessoria da FAB, foram utilizadas todas as medidas de policiamento do espaço aéreo, incluindo o tiro de aviso, antes de chegar à última medida prevista: o tiro de detenção.

Antes de chegar ao derradeiro procedimento, o piloto da FAB ordenou a mudança de rota e o pouso obrigatório no aeródromo de Cuiabá (MT), medida que o condutor do avião interceptado não obedeceu.

Depois do tiro de detenção, a aeronave, que não possuía plano de voo, fez um pouso forçado em um largo localizado na área do Parque Nacional do Pantanal Matogrossense. A apreensão da carga ilegal pela pela Polícia Federal e pela Policia Militar de Mato Grosso foi feita depois da aterrissagem.

Notícias relacionadas