Brasil

Caso Marielle: polícia apura quem forneceu arma

Já sobre munições, quatro atingiram a vereadora na cabeça, pertencem a um lote adquirido pela Polícia Federal, em 2006

[Caso Marielle: polícia apura quem forneceu arma]
Foto : Gibran Mendes

Por Metro1 no dia 10 de Maio de 2018 ⋅ 06:41

A Polícia Civil do Rio de Janeiro tenta descobrir quem forneceu a arma para o crime contra a vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista dela, Anderson Gomes. Na noite de ontem (10), acontece uma reconstituição do caso em uma tentativa de a polícia esclarecer momentos antes de as vítimas serem baleadas no bairro do Estácio.

De acordo com o G1, a simulação deve confirmar as investigações de que Marielle foi atingida por disparos de uma submetralhadora MP 5, de calibre 9 milímetros.

De acordo com policiais, a DH investiga se a arma foi desviada de algum paiol pertencente a uma força de segurança no Estado do Rio de Janeiro. Armas semelhantes são utilizadas pelas forças especiais das polícias Civil, Militar e Federal.

Já sobre munições, quatro atingiram a vereadora na cabeça, pertencem a um lote adquirido pela Polícia Federal, em 2006.

Notícias relacionadas