Brasil

Caminhoneiros só vão encerrar protesto após governo zerar PIS/Cofins, diz associação

Protesto da categoria tem gerado impacto em todo o país por falta de abastecimento de combustível

[Caminhoneiros só vão encerrar protesto após governo zerar PIS/Cofins, diz associação]
Foto : Werner Keifer/Divulgação

Por Metro1 no dia 24 de Maio de 2018 ⋅ 10:24

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) disse, na manhã de hoje (24), que a categoria só vai encerrar a greve após o presidente Michel Temer (MDB) sancionar uma lei para zerar a alíquota do PIS/Cofins sobre o óleo diesel.

O protesto tem gerado impacto em todo o país por falta de abastecimento de combustível. Em Salvador, a assessoria de comunicação da Vinci, concessionária que administra o aeroporto da capital baiana, informou que o terminal só tem o produto para abastecer as aeronaves por mais cinco dias, embora considere a situação "padrão". 

O presidente do sindicato dos donos de postos, Walter Tannus Freitas, disse que os estabelecimentos da cidade já sofrem com falta de gasolina, diesel ou álcool.

Notícias relacionadas