Brasil

Entidade denuncia Brasil na ONU por 'risco de genocídio' de povos indígenas

As ameaças e mortes da população nativa nos últimos anos são os alvos da denúncia

[Entidade denuncia Brasil na ONU por 'risco de genocídio' de povos indígenas]
Foto : Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 14 de Setembro de 2018 ⋅ 17:40

O Conselho Indigenista Missionário apresentou denúncia, em reunião hoje (14) do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, contra o Brasil por "risco de genocídio" no caso dos povos indígenas. O governo brasileiro ainda pondera se vai dar responder à acusação.

A entidade aponta que houve uma "profunda extinção" dos nativos, que passaram de 4% da população brasileira para apenas 0,4% no último século.

As ameaças e mortes da comunidade indígena nos últimos anos são os alvos da denúncia, a exemplo do caso dos Guarani-Kaiowá.

De acordo com o Cimi, o quadro cumpre pelo menos sete fatores e 16 indicadores estabelecidos pela ONU para designar um genocídio.

Notícias relacionadas